Pro-Fit RH - Página Principal

 
O Valor do Encorajamento
 
História anônima - Comentários de Eliana Dutra



Há alguns dias atrás recebi uma mensagem, onde um cliente me pedia ajuda para o seu problema maior: Motivação dos funcionários.

Motivação, o que é isto? O que faz com que um saia de casa animado com o dia que tem pela frente e outro se arraste para fora da cama só pensando em como vai ser duro chegar na empresa e em como o tempo custa a passar quando está lá.

O que faz com que uma empresa seja um lugar estimulante onde se aprende coisas novas, se dá duro e o resultado aparece. Enquanto outra é o purgatório por onde se tem que passar até chegar o bendito fim de semana?

Certamente muitas coisas diferenciam uma empresa da outra: Políticas e Normas, ambiente físico, nível salarial, benefícios, mas sinceramente acredito que o principal fator de motivação são as atitudes das pessoas.

A história que vou contar é uma lição sobre uma destas atitudes o encorajamento, espero que concordem comigo.

Certa vez, uma matilha de lobos estava viajando pela floresta, quando dois deles caíram num buraco. Assustado o grupo rodeou o buraco e, quando percebeu quão profundo ele era, gritaram que os dois podiam considerar-se mortos.
Os dois ignoraram o aviso e tentaram com toda a força e vontade pular para cima e sair daquilo que mais parecia um precipício . A matilha continuou gritando que não adiantava tentar sair porque o buraco era muito fundo e eles estavam perdidos, podiam economizar suas forças e considerar-se mortos. Depois de algumas tentativas, um dos lobos prestou ouvidos ao aviso de que já estava perdido e desistiu, deitou-se e morreu.
O outro lobo continuou tentando sair, colocando em cada pulo toda a sua força. Mais uma vez o grupo gritou aconselhando a parar de tentar que isto só levava à frustração e sofrimento, que era melhor desistir e morrer logo. Enquanto a matilha gritava o lobo no fundo do buraco pulava cada vez com mais força e vontade até que conseguiu cair fora do buraco. Quando isto aconteceu os outros o rodearam perguntando, você não nos ouviu? O lobo explicou que era surdo. Durante todo tempo, ele acreditara que o grupo o estava encorajando.

Esta história ensina o seguinte:
Existe poder de vida e morte no que se diz. Dizer palavras de encorajamento para alguém que está passando um momento difícil pode dar a energia e a ajuda que o outro precisa para completar uma tarefa.
Uma palavra destrutiva dita a alguém no momento errado, pode empurrar o outro ainda mais para o fundo do abismo. Tenha cuidado com o que diz, tente sempre usar uma linguagem positiva com aqueles que cruzam seu caminho. Qualquer um pode dizer coisas que roubam a energia que o outro precisa para atravessar tempos difíceis.

O encorajamento não é uma ferramenta útil somente para executivos e gerentes, serve para todos, pai, colega, filha, chefe, todos nós precisamos ouvir de vez em quando "Tenta que você vai chegar lá."
Especiais são as pessoas que gastam seu próprio tempo para encorajar quem precisa.



Se gostou deste artigo e quer receber as novas publicações, via mail:

Cadastre-se


Veja também:

Índice com todos os artigos

Página Principal


©1999 Eliana Dutra - Pro-Fit RH
Tel.(21) 9625 3767