Pro-Fit RH - Página Principal


 
Coach? Que líder é este?
 

Este texto foi escrito por Eliana Dutra



        

Neste novo milênio, o que é ser um líder? O que o líder faz, que os outros não fazem? E o que ele não faz, que os outros fazem? Kenneth Blanchard, autor de diversos livros sobre liderança e motivação disse em uma de suas palestras que:

"Não existem líderes naturais".

Eu, pessoalmente, concordo. Acredito que os chamados "líderes naturais" são só pessoas autoritárias com sede de poder. Acredito que o líder do novo milênio é o que tem uma visão de um mundo melhor, para a sua empresa. É o que sabe comunicar esta visão de forma a inspirar os seus colaboradores. E entende que seu papel é ser o coach , o mentor, o treinador.

Assim vamos analisar 3 tipos de chefe, só um deles irá sobreviver e manter viva a sua organização. Adivinhe qual é...

Suponha que esta organização é um time de futebol que está no meio de uma partida - todos estão jogando – quando o treinador , que naturalmente está fora de campo, percebe a necessidade de uma mudança tática, que ele precisa informar ao time.

O primeiro tipo, chama os jogadores, eles largam a bola (o cliente) e vão até a beirada do campo para falar com o treinador. Enquanto isto o time adversário (a concorrência) está marcando o gol. Este tipo, na empresa, quando chama o colaborador, espera que este largue tudo e venha correndo. Você o conhece, você o vê, por exemplo, quando está fazendo uma compra numa loja e o gerente chama o vendedor que larga você, no meio da compra, para atender o chefe.

O segundo tipo, ouviu falar que é importante focar no cliente. Assim, quando chama os jogadores para informar a mudança de tática, os jogadores, primeiro acabam a jogada e, então, largam o jogo e vão até a beirada do campo para falar com o treinador.

Este segundo tipo, já é mais moderno. Primeiro é o cliente. Mas se o colaborador está fazendo qualquer outra tarefa, ele tem a expectativa que esta atividade, seja interrompida para que ele, chefe, seja atendido.

O que ele ainda não percebeu é esta interrupção gera re-trabalho e consequentemente perda de tempo. E, enquanto isto, o time adversário faz mais um gol.

O terceiro tipo, entendeu que para dar foco no cliente é importante ir mais fundo, ver o jogador e suas jogadas como mais importante que ele próprio. Assim, quando o treinador chama os jogadores, estes esperam uma parada de bola para, só então, ir até a beirada do campo para falar com o treinador.

Este terceiro tipo, na empresa, sabe que se contratou aquela pessoa para fazer alguma tarefa, ela é fundamental para o bom atendimento do cliente (direta ou indiretamente). Ele sabe que se o foco é no cliente, não pode ser no chefe também. Então, quando ele chama o seu colaborador, espera só ser procurado quando a tarefa em curso tenha sido terminada. E esta expectativa foi informada aos seus colaboradores.

Concluindo, não existe o líder natural, porque o verdadeiro líder do novo milênio é aquele que sabe que desenvolvimento leva tempo, porque passou 1 a 2 anos aprendendo a treinar seu time de forma tão eficaz que, durante o jogo, ele se diverte vendo seu time jogar com perfeito sincronismo, apreciando cada jogador usar sua criatividade em novas jogadas e saboreando o desenvolvimento do todo e de cada um. Ele não tem sede de poder, ele tem sede de ver sua visão realizada através das pessoas.



Se gostou deste artigo e quer receber as novas publicações, via mail:

Cadastre-se


Veja também:

Índice com todos os artigos

Página Principal


©1999 Eliana Dutra - Pro-Fit RH
Tel.(21) 9625 3767